Segurança Rodoviária


Boas práticas para os jovens


Utiliza sempre o cinto de segurança
Sabes que em caso de acidente, os ocupantes do veículo são projectados contra o banco da frente, o tablier e o vidro do carro. Por isso, utiliza sempre o cinto de segurança e garante que os outros passageiros também o colocam. Este gesto pode salvar-te a vida.semaforo.gif


Atravessar a rua em segurança
Atravessa a rua sempre na passadeira, nos semáforos para peões, em passagens protegidas superiores ou inferiores. Olha sempre primeiro para a esquerda, depois para a direita e novamente para a esquerda. Se não vier nenhum carro podes avançar. Nunca atravesses entre dois carros, os condutores podem não te ver. É muito importante que vejas os carros e que sejas visto pelos condutores. Quando fores passear para locais mais escuros usa roupa reflectora.


O capacete
Quando andas de bicicleta ou de mota não tens qualquer protecção, a não ser o teu corpo, quando tens um acidente. Por isso quando andares de bicicleta ou motociclo, utiliza o capacete. O capacete pode salvar-te a vida.


Em segurança
Não mistures o álcool com a condução. Euforia, aumento do tempo de resposta, fadiga, distorção visual, aumentam do risco de acidente. A tua vida vale mais do que uma bebida! Sabes que a utilização do telemóvel enquanto conduzes aumenta quatro vezes a probabilidade de acidente. A tua vida vale mais de que um SMS!
noticias%5Cmedium_noticia_1223856263_1253.jpg
Excesso de velocidadeAchas que vale a pena perderes a vida para chegares a horas? Cumpre os limites de velocidade.
Pedir ajuda
Muitas das mortes na estrada poderiam ser evitadas por uma prestação de primeiros socorros nos minutos imediatos após o acidente. Por isso, quando presenciares um acidente liga para o 112 e explica claramente o ocorrido. Uma pessoa que saiba prestar primeiros socorros pode salvar vidas.

O que fazer perante um acidente rodoviário?


· Segurança primeiro! Certifique-se que está em segurança para poder ajudar. Pode aproximar-se da vítima em segurança? Se pode aleijar-se enquanto está a ajudar, o problema é duplo! Assinale o acidente para os outros utilizadores da estrada (se estiver num carro, há um triângulo de segurança na bagageira. A357691.jpgssegure-se que o carro está bem colocado para que os outros carros estejam avisados e tenham tempo de diminuir a velocidade ou parar antes de chegarem ao local do acidente). Quando tiver a certeza que é seguro ajudar, aproxime-se da vítima e veja como esta se sente. Consegue falar? Está a respirar? Mesmo que a vítima esteja a respirar e consciente é sempre bom que esta seja vista por um profissional.

· Chamar uma ambulância! Entre em contacto com o 112 (número telefone nacional de emergência). Todas as chamadas são grátis! Se utilizar um telefone público nem sequer tem de colocar uma moeda.

· Fez a coisa certa: pôs o local do acidente em segurança, inteirou-se das condições da vítima e pediu ajuda. Talvez pense que não há mais nada a fazer, mas isso não é verdade.

· Fique e fale com a vítima! Pergunte-lhe como se está a sentir. Nesta altura a vítima sente-se impotente e precisa do seu apoio. Pergunte-lhe se há alguma coisa a mais que possa fazer.

Mantenha-se atento ao estado da vítima. A dor está a melhorar ou a piorar? Está a ser mais difícil para a vítima respirar ou está a respirar mais rapidamente?
· Este tipo de informação pode ser muito importante quando o pessoal da ambulância chegar.

· Assim que o pessoal da ambulância chegar ao local para tomar conta da vítima, forneça-lhes todas as informações sobre a sua situação. Depois deixe-os tomar conta da situação e pode ir embora satisfeito: ajudou realmente alguém que precisava.


Fonte de Informação: Site da Cruz Vermelha Portuguesa
Imagens retiradas de: Google Imagens